17 novembro 2007

pela primeira vez na vida, um Papa toca o meu coração ateu.


No Expresso, MST escreve:
Bento XVI chamou os bispos portugueses a Roma para lhes dar uma reprimenda exemplar e inesperada: Portugal, segundo o Papa, vai mal de verdadeira fé e de militância católica: muito folclore e pouca substância. Esta foi a resposta que a Igreja Católica portuguesa recebeu ao convite para que o Papa viesse a Fátima para a inauguração da nova (e lindíssima) basílica do Santuário. Menos Fátima e mais Evangelho, respondeu-lhes Bento XVI. Menos multidões nas datas marcadas no Santuário e mais gente nas igrejas e na vida das paróquias.(...) [Ratzinger]Ocupou-se da doutrina enquanto Woytila se ocupava da fé. Teólogo, intelectual brilhante, com uma noção da intemporalidade da Igreja que vai muito além dos fenómenos passageiros de histeria de massas, ele sabe que 300.000 peregrinos em Fátima não significam 300.000 cristãos no dia-a-dia da Igreja e das suas próprias vidas. Sabe que há católicos, e a grande maioria, que é capaz de viver 364 dias por ano ao arrepio da moral e dos mandamentos da Igreja e um dia por ano a conquistar a absolvição dos seus ‘pecados’ numa excursão a Fátima, mais ou menos penosa. E sabe que a fé e a religião são coisas diferentes disso.
.
Não sendo católica, entendo-o na perfeição. Lamentavelmente, para eles e para nós, a igreja tem-se empenhado mais em diabolizar os cidadãos e a evolução natural da sociedade, em reprimir tentando armar-se em braço penal do Estado, do que em reavivar a fé.
Esta igreja inquisidora e desfasada do quotidiano assusta e, ao que parece, até os católicos sabem disso. Neste momento, como bem diz MST, uma ida a Fátima chega-lhes.

4 comentários:

Eduardo Lara Alves disse...

Confesso que nunca gostei muito deste Papa, quem sabe por identificar muito ainda a função com o anterior, mas que desta vez o Homem acertou lá isso é verdade!

Cristina disse...

bruxo...principalmente na parte em que manda os Bispos dedicarem-se àquilo que é suposto dedicarem-se..

Joana Lopes disse...

Fiz aora mesmo um «post» num sentido diametralmente oposto...
Bjs

Cristina disse...

Joana

eu não gosto deste nem de nenhum...lol. gentinha mais ditadora..

já la fui deixar um comento.:)